LouresGráfica - Mudança de letra ajuda a poupar

Estudante de 14 anos calculou que ao mudar o tipo de letra para “Garamond” nos documentos oficiais, os Estados Unidos poderiam poupar 370 milhões de dólares (269 milhões de euros) por ano.
Tudo isto deve-se à quantidade de tinta gasta.

Suvir Mirchandani, aluno do liceu de Dorseyville em Pittsburgh, Pensilvânia, devidiu analisar uma maneira de reduzir o gasto de tinta. Através do software APFill, que permite gastar menos tinta e tornes nas impressoras, o jovem tentou perceber quanta tinta era gasta quando se escrevia as letras “e”, “t”, “a”, “o”, e “r”, as mais usadas em Inglês.
Para isso analisou quatro tipo de letras (“Century Gothic”, “Comic Sans”, “Garamond”, “Times New Roman”.
Em seguida, Suvir aumentou o tamanho das letras e cortou um molde de cartão que se ajustava a cada letra. Após as três amostrar para cada letra, acabou por pesar o cartão correspondente a cada uma e tirou as suas conclusões.

Face à proposta de Suvir, fonte oficial da Administração norte-americana disse, no entanto, que estava mais concentrada em poupar dinheiro através da publicação de documentos online, em vez de papel. "Eles não podem converter tudo para um formato digital", contestou o adolescente à estação de televisão norte-americana CNN. "Nem toda a gente tem acesso a informações online. Algumas coisas ainda têm de ser impressas."

criatividade

A Criatividade é mudança.
É auscultar o futuro e projectá-lo no presente.
BIG novidades!!!
Veja aqui